Como ficar mais inteligente – 9 dicas essenciais

Um objetivo unânime da sociedade é ser inteligente. Não existe receita de bolo ou fórmula pronta, mas como ficar mais inteligente? De todos os traços da personalidade humana, a inteligência certamente é a que causa maior admiração. A sociedade venera pessoas inteligentes porque nossa vida depende de boas decisões e momentos brilhantes mudam o curso […]

Vivamil Brasil 8 de abril de 2019 Cafeína, Memória

Um objetivo unânime da sociedade é ser inteligente. Não existe receita de bolo ou fórmula pronta, mas como ficar mais inteligente? De todos os traços da personalidade humana, a inteligência certamente é a que causa maior admiração.

A sociedade venera pessoas inteligentes porque nossa vida depende de boas decisões e momentos brilhantes mudam o curso da história ou de uma situação.

Como ficar mais inteligente? Primeiro, esqueça as pessoas mais novas, pois você sempre vai comparar uma criança atual com sua infância e dirá “as crianças de hoje são mais inteligentes”. De fato, a era da informação deixou as pessoas mais ricas, intelectualmente falando.

A ciência comprovou um fator importante: a neuroplasticidade existe. O que é neuroplasticidade? É quando você desenvolve células no cérebro capazes de absorver mais conteúdo e, consequentemente, te deixar mais abrangente.

Já ouviu aquela frase “quem tem informação tem tudo” ou “estude porque o que tem na sua mente ninguém rouba?”. Pois isso é pura verdade. Em 2006 a empresa mais valiosa do mundo era a Exxon (empresa de petróleo). Exatos 10 anos depois, a Google (empresa de informação) se tornou a segunda mais valiosa empresa do planeta. O que é o Grupo Alphabet? É o conglomerado Google, onde tudo gira em torno de quintilhões de informações.

Veja o comparativo abaixo das empresas mais valiosas:

Então, com base em informações, elencamos aqui 9 DICAS DE COMO FICAR MAIS INTELIGENTE:

1.) FAÇA ALGO DIFERENTE QUE TE ESTIMULE A SER DIFERENTE:

Diversifique suas atividades e gaste tempo com uma série de tarefas. Afaste o tédio e permita um período de descanso crítico, pois assim seu cérebro pode ter melhor recuperação. Enquanto seu cérebro repousa ele ao mesmo tempo se renova. Um estudo prova que, ao fazer uma pausa, sua probabilidade de alcançar um avanço melhora drasticamente. Não se sobrecarregue e mantenha seu cérebro em foco sempre.

2.) GERENCIE SEU TEMPO COM MAESTRIA:

Nesta era “on-line”, como é fácil se distrair. Assistir séries é uma forma de diversificar, mas cuidado para não dedicar todo seu tempo nelas. Faça uma lista de prioridades e distribua suas tarefas de forma que possa cumprir um cronograma. Tenha um tempo para si mesmo praticando exercícios físicos e também um tempo para fazer algo com a natureza como plantar árvore ou simplesmente caminhar numa área verde. Tenha um tempo off-line – que não seja a hora do sono, é claro – mas que seu celular fique em modo avião para você se conectar com outras coisas de leituras ou meditações.

3.) LEIA UM POUCO TODOS OS DIAS:

Se você ler 3 artigos por dia, ao final de 6 meses terá lido 180 conteúdos ricos em informações relevantes. Independente do conteúdo, a leitura te deixará mais inteligente, uma vez que cria uma atmosfera de reflexionismo e estimulam os pensamentos analíticos. Conteúdos que dão coberturas de assuntos atuais lhe permitem uma série de fatores como aumentar o vocabulários, a abrangência de assuntos, termos, tendências e a capacidade de entender melhor as diferenças humanas, promovendo assim uma aumento significativo nos níveis de maturidade da inteligência emocional.

4.) REVISE TUDO O QUE VOCÊ APRENDEU:

Com a oferta astronômica de conteúdos on e off-line, logo nossa mente não é capaz de absorver tudo o que lemos. O cérebro armazena pelo grau de importância. O fato de voc6e relembrar algo já apreendido é como se as engrenagens do cérebro voltassem a estar em pleno movimento. O processo de revisão cumulativa de informações ajuda a manter o conhecimento. As experiências são armazenadas no córtex externo do cérebro antes de se tornarem memórias fixadas no hipocampo. Todo ser humano é passível de muitos esquecimentos. Você pode antecipar essa inevitabilidade ao revisar um conteúdo que desejar lembrar e assim obterá retenção do conhecimento.

5.) ESTUDE UMA SEGUNDA LÍNGUA:

Sempre falar é mais fácil do que fazer. A frase “falar até papagaio fala” é uma pura verdade. Estudar um idioma diferente é um desafio para qualquer pessoa e levam anos para se obter fluência. Aprender um idioma requer disciplina e treino. O treino é como um lutador de kung-fu carregando baldes de água em escadas íngremes para obter força. Repetição, treino, repetição, treino…não há nenhuma outra fórmula de sucesso que o leve a falar fluente uma segunda língua.

O processo é complexo, mas muito interessante e funciona assim:

  • Quando a fala entra pelos ouvidos, é convertida em informação auditiva usando o córtex auditivo.
  • Os dados são enviados para a área de Wernicke, que extrai palavras e frases.
  • Em seguida, a área de Broca estimula seu planejamento motor, preparando-o para responder.
  • Seu enunciado preparado então passa para o córtex motor, que opera sua boca.

Dedique ao menos 30 minutos por dia estudando um novo idioma. A estratégias é você quem faz. Você não precisa se inscrever em escolas cara e nem investir em materiais que prometem algo estrondoso. Hoje em dia existem diversos conteúdos inteiramente grátis no YouTube onde pessoas estrangeiras se dedicam em dar dicas e ainda permitem interações. Enfim, você decide como, quanto e como, mas não deixe de montar uma estratégia.

6.) PRATIQUE JOGOS CEREBRAIS:

Eles aguçam sua capacidade cognitva e promovem o aumento do QI através de jogos divertidos e simplificados. O site Lumosity, por exemplo, oferece centenas de jogos cerebrais usados por mais de 50 milhões de treinadores do cérebro. Há de convir conosco que ninguém ali está perdendo tempo. Os jogos do cérebro são vendidos como promessa de fomentar a inteligência fluida. Isso se aplica às habilidades de resolução de problemas dos jogos para obtenção de situações da vida real, e isso é o ponto crucial dos jogos. É evidente que você irá evoluir nos jogos se continuar jogando, mas seus talentos desenvolvidos devem aumentar para incluir outras áreas.

7.) PRATIQUE EXERCÍCIOS FÍSICOS REGULARMENTE:

O exercício diário te deixa mais inteligente. Se incluir 30 minutos de cardio em sua rotina poderá obter melhoria de alerta mental e cognitiva. Aquele velho ditado “mente sadia, corpo saudável” não é somente uma frase e respalda estudos científicos. Uma pesquisa na Universidade de Concórdia do Canadá afirma que o estímulo de mais sangue e oxigênio no cérebro faz proezas para a saúde cognitiva. Descubra qual esporte vai mudar sua vida e lhe deixar mais apto para obter novos níveis de inteligência.

8.) APRENDA A TOCAR UM INSTRUMENTO MUSICAL:

Além de poder impressionar seus amigos, você poderá ficar mais inteligente. A vasta área do seu cérebro é acionada quando você pratica a música tocando um instrumento musical. Isso inclui as capacidades visuais, auditivas e físicas milhares de processos cognitivos simultaneamente.

Lutz Jänck, psicólogo, neuropsicólogo e neurocientista cognitivo da University of Düsseldorf disse: “Aprender um instrumento musical tem benefícios denifidos e pode incrementar o QI em até 7 pontos, tanto em crianças quanto em adultos”.

9.) ALIMENTAÇÃO ESPERTA PARA OS CÉREBROS ESPERTOS:

Existem diversos alimentos que estimulam o seu cérebro. Muitos deles possuem alegações de propriedades funcionais como a cafeína encontrada em café, erva-mate, guaraná e outras mais de 60 plantas. Um estudo publicado pela Harvard University dos Estados Unidos escreve que “a cafeína, se aliada com uma dieta saudável, pode melhorar sua memória e habilidades de pensamento”. Agora que você já leu todas as dicas de como ficar mais inteligente, clique neste link aqui para saber como a cafeína pode ajudar e conceder aquele “up” indispensável nas busca dos seus objetivos.



Assine nossa
Newsletter